"Desperte sua força Interior com o Livro "Mulheres Extraordinárias"

Priscilla Couto

Mentora de Carreira

AUMENTE SUAS CHANCES DE VAGAS NO MERCADO DE TRABALHO

É possível você aumentar as suas chances de recolocação.

Segundo pesquisa do IBGE divulgada em 16/08/2018 no Brasil temos 5,1 milhões de pessoas em busca de vagas de trabalho a mais de 1 ano, isso quer dizer que de cada 5 pessoas desempregadas, 2 estão a mais de 1 ano nessa busca.

Vejam esse gráfico: Quase 3 milhões de pessoas estão a mais de 2 anos na busca.

Se analisarmos a questão do desemprego por Estado vemos que o RJ aparece em segunda posição e SP em décima.

Sem falar das pessoas que desistiram de procurar emprego devido ao tempo e resolveram empreender.

 

A situação do desemprego é complicada, ainda mais sem a perspectiva de retorno ao mercado rápido, sem falar nas vagas que vemos com os salários cada vez mais baixos, mas é o momento de manter o controle emocional e usar essa disponibilidade para se desenvolver, adquirir conhecimento e planejar a sua recolocação.

Quando estamos empregados, acabamos nos acomodando, somente nos capacitando com aquilo que a empresa disponibilizada.

Não participamos de eventos, não investimos no networking, apenas trabalhamos e quando saimos ficamos perdidos, porque encontramos um mercado extremamente mudado na forma de contratar pessoas.

MAS AONDE VOCÊ QUER ESTAR?

Essa é a pergunta mais crucial que você precisa fazer enquanto pensa em voltar ao mercado.

O primeiro passo é não sair por ai rifando o seu currículo.

Você precisa direcionar todas as suas energias para o seu propósito.

Decido isso, vamos em frente!

DESENVOLVA OS PONTOS ABAIXO E AUMENTE AS SUAS CHANCES DE RETORNAR AO MERCADO.

  1. AUTOCONHECIMENTO: Esse é o momento que você deve internalizar e pensar em quais são os seus objetivos e metas. Aonde você quer chegar? No que você é bom? Quais são os pontos que precisa desenvolver? Pensar em toda a sua trajetória profissional e listar as sua conquistas. O caminho fica muito mais fácil, quando sabemos aonde ir e ajuda a traçar o planejamento para alcançar o topo.
  2. CONHEÇA O MERCADO: O mercado atual está muito mudado, tanto na forma de contratação como nas competências hoje valorizadas, o que chamamos de Soft Skills (que falarei em um outro artigo). Use a internet ao seu favor, busque informações sobre a empresa, sobre a sua área, converse com as pessoas que estão na ativa.
  3. PLANEJE A SUA CARREIRA: Crie uma sequência de ações para conduzir ao seu objetivo. É o momento de participar de seminários, cursos de atualização, leitura de livros. Tudo que aprimore seus conhecimento e habilidades. Se for o caso, pode contratar um coach de carreira ou um assessor de carreira, para ajudar nesse planejamento.
  4. NETWORKING: Manter a sua rede de contatos é primordial em todos os momentos, mas infelizmente só lembramos da nossa rede quando voltamos para o mercado. O Linkedin é a maior rede de Networking do mundo (falaremos disso em um próximo artigo) e você precisa usufruir dela e além disso precisa retomar o contato com as pessoas que ainda estão na área, para troca de experiências e aprimorar a sua estratégia de recolocação.
  5. CURRÍCULO: O seu currículo é a primeira idéia que chega no recrutador. Por isso o mesmo precisa ser objetivo, conter seus resultados, precisa ser um diferencial para que o recrutador tenha interesse em te conhecer. A mesma coisa acontece com o seu perfil no Linkedin, mantenha sempre o mesmo atualizado, use ativamente, compartilhe o seu conhecimento, crie conexões. Um perfil no IN é o seu currículo 24 horas, é onde você tem a possibilidade de mostrar todo o seu desempenho e capacidade.
  6. SE PREPARE PARA AS ENTREVISTAS: O primordial para ter sucesso em um processo seletivo, é conhecer a vaga e a empresa a qual está de candidatando, é claro que nem sempre temos essa informação, mas se tiver acesso, é importante buscar essas informações no site da empresa, analisando missão e valores, como a empresa está se comportando no mercado, buscar o que falam da empresa na internet ( sugiro olhar no site Love Mondays), para que possa alinhar as suas habilidades e competência ao que a empresa necessita. No momento da entrevista, tente ver o entrevistador não como adversário e sim como um parceiro que quer saber de suas vitórias, sobre como se comporta em situações de conflito e como você pode contribuir para o crescimento da empresa.
  7. OPORTUNIDADES TEMPORÁRIAS: Vale a pena nesse momento que está em disponibilidade, aceitar propostas temporárias, primeiro para que você demonstre a sua capacidade e segundo que uma oportunidade temporária pode virar uma possível efetivação.

Então…

Uma coisa é certa, não existe regra para que faça você voltar ao mercado.

O que existe é perseverança, preparação, networking e autoconhecimento.

A procura pelas oportunidades são grandes e são vários currículos para poucas vagas.

O que você precisa fazer é se destacar, por isso o seu currículo precisa ser impecável, ter as informações necessárias e chamar atenção do recrutador.

O uso do Linkedin também é priomordial, todas as suas postagens e artigos representam o seu conhecimento, suas opinões, a forma como se relaciona, como faz as suas conexões.

Por isso coloque tudo isso em prática, não importa o tempo que está fora do mercado.

Priscilla Couto

Mentora de Carreira