"Desperte sua força Interior com o Livro "Mulheres Extraordinárias"

Priscilla Couto

Mentora de Carreira

CHEGOU A HORA DE FAZER O LINKEDIN TRABALHAR PARA VOCÊ

 

Falei isso para uma mentorada e ela ficou me olhando sem entender nada, como faço o Linkedin trabalhar para mim?

 

Mas isso é real e você precisa deixar que ele faça isso por você.

 

Todos os dias eu posto no meu perfil e faço isso para deixar que o algortimo trabalhe ao meu favor.

 

Pensa comigo:

Linkedin é a maior plataforma de relacionamento profissional, com + de 630 milhões de usuários no mundo e 39 milhões apenas no Brasil.

As possibilidades para quem usa a plataforma de forma estratégica é infinita.

É claro que usar a rede não é tão fácil e nem intuitivo como Instagram ou Facebook, mas não deixa de ser fantástica.

E como o algortimo trabalha para mim? Simples, ele faz com que o meu conteúdo seja entregue as pessoas. Com isso, as pessoas ficam curiosas em saber quem eu sou, acessam meu perfil, consomem e curtem cada vez mais o que publico, e assim vou ganhando autoridade na minha área e atuação.

“Priscilla, você está me deixando louca, não entendi nada do que falou… algoritmo? Curtidas? Timeline? Conteúdo…ahhhhhhh

 

 

Calma, vamos então começar lá do início para você entender isso de uma vez por todas, ok?

Lembra que falei lá no inicio que o Linkedin é uma rede social e de relacionamento? (Se não lembra, volta uns paragráfos).

Então, como toda rede ela é alimentada pelo contéudo que os usuários postam (vídeos, fotos, textos, imagens) e quando você curte, compartilha ou oculta alguma publicação, você faz com que as informações circulem mais ou menos pela plataforma.

Faço questão de te explicar alguns conceitos:

  1. Contéudo: é todo material que você posta no seu perfil.
  2. O que você pode publicar: posts com até 1300 caracteres, artigos (acima de 400 palavras), vídeos (até 10min), material em PDF, compartilhar outros post ou imagens.
  3. Timeline: é aonde você vê todas as publicações da sua rede.
  4. Rede: são as pessoas que você segue e está conectado.
  5. Visualização: é a quantidade de pessoas que clicaram em ver mais na sua publicação.

6. Curtidas: é a quantidade de reações que a sua publicação teve.

7. Engajamento: é o somatório das interações: comentários + curtidas + compartilhamentos + inbox = sucesso.

* Quanto mais interação sua publicação tiver, maior será a entrega para a sua rede.

* O Linkedin não entrega o seu contéudo para 100% das suas conexões, ele vai fazendo isso aos poucos, avaliando a interação.

Anota isso que eu vou te falar para não esquecer:

Não são as visualizações e nem curtidas que vão te destacar no Linkedin. O que transforma suas oportunidades é o relacionamento que você cria e a autoridade que gera, através das publicações.

Por isso tenha o cuidado de não postar qualquer coisa. A missão do linkedin é:

Não esteja apenas aqui por estar, ou porque alguém falou que tem vagas. Esteja aqui para se relacionar com as pessoas, se posicionar no seu mercado, se manter atualizado, compartilhar e adquirir conhecimento.

Porque até há vagas e muitas, mas somente para aqueles que se destacam e demonstram o seu profissionalismo.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a plataforma, vou te ensinar como você pode tirar o melhor proveito dela, mas para isso, é importante que você não cometa esses erros.

Sempre vejo pela minha timeline, pessoas reclamando que o LinkedIn, não funciona, que não da resultado, mas como isso vai acontecer se você não sabe como usar ao seu favor?

Muitos ainda acham que o Linkedin é um banco de currículo, apenas para buscar vagas e tem a certeza, que só manter um perfil aqui é o suficiente.. tolinho.. rs

Mas você que leu até aqui, sabe que não é bem assim e está pronto para voar aqui dentro, certo?

Então veja os erros que 99% das pessoas que usam o Linkedin fazem e nem sabem.

1. Compartilhamento de perfis: você já deve ter visto pelo sua timeline, muitas pessoas compartilhando perfis, currículo, fazendo a sua própria propaganda. Essas pessoas simplesmente gastam energia e dedinhos de forma desnecessária, porque nada isso faz efeito.

Recrutador não fica deslizando pela timeline até encontrar alguém. Ele utiliza o campo Pesquisa ou o sistema Recruiter para realizar a sua seleção.

Então se você quer fazer a sua #CorrenteDoBem, é mais vantajoso realizar uma recomendação no perfil daquele seu amigo, que você conhece do trabalho ou até mesmo pela rede, e que você admira. Perfis com recomendação, são 14x mais visualizados pelas pessoas. Você também pode ficar atento ao que ele faz e indica-lo para alguma vaga que você veja pela sua timeline.

 

2. Não faz nenhum post: conhece o perfil fantasma? É aquele perfil que foi criado e não tem nenhuma publicação, ou a pessoa só aparece 1x por mês. Se você participa de uma rede de relacionamento, porque não se relaciona? Sei que você pode até me dizer que não posta, mas interage em outros post, ok. Mas fique sabendo que isso é o maior egoísmo, porque o seu comentário pode ser legal, as pessoas querem saber mais sobre quem é você e não tem NADA para oferecer a elas.

 

3. Não interagir com a sua rede: isso acontece e muito né? Você manda inbox e a pessoa não responde. Você comenta a postagem e a pessoa não responde. Oxi, que rede social é essa que somente um lado fala.

 

4. Compartilhar conteúdo, sem expor sua ideia sobre o tema: tem pessoas que adoram compartilhar várias assuntos e eu acho ótimo, mas porque não compartilha com a sua opinião? Quando você compartilha sem nada, você apenas está levando a sua audiência para ler sobre a outra pessoa e é isso mesmo que você quer?

 

5. Fazer comentários “vazios”: passando por alguns posts, vejo vários comentários assim: TOP, sensacional, legal, hum… é sério isso? Será que você não tem nada de interessante para comentar sobre o tema? Se não tem, acho melhor passar direto.

 

6. Publicar posts pedindo emprego, reclamação ou demonstrando falta de controle emocional: sei que esse item vai dar o que falar, mas a minha mãe já dizia que roupa suja se lava em casa. É claro que você pode realizar posts sobre algo que não concorda ou porque achou que foi tratado de forma ruim, é bom saber a sua opinião, mas que isso seja feito de forma construtiva.

Aqui é uma rede de relacionamento profissional, e qual a imagem que você desejar passar? Vamos detalhar os 03 exemplos:

a. Pedindo emprego: deixa eu te falar uma coisa, ninguém vai te dar emprego por pena. As empresas querem contratar por competência.

 

b. Reclamações: ás vezes vejo post reclamando sobre o processo seletivo, uma cantada que levou, porque não teve resposta no inbox que mandou e etc… Se você está reclamando de um processo seletivo, como você acredita que o recrutador vai pensar sobre isso? Será que vai reclamar do meu também? Concordo que algumas empresas, fazem coisas surreais e se a ideia é reclamar, diga o que ele poderia ter feito para não acontecer aquela situação.

 

c. Sem controle emocional: muitos comentários para pela rede são descabidos e sem respeito nenhum pelo outro. Se você faz isso pelas redes sociais, fico pensando em como vai agir pessoalmente.

 

7. Querer transmitir aquilo que não é: um dos maiores feedback que recebi, foi sobre a minha transparência, desde a minha foto. Sei que ás vezes, pode te encontrar na rua e não tem comprimentar, mas releva porque uso óculos rs, mas é sempre muito importante dar atenção a sua audiência e principalmente no conhecimento que você está transmitindo.

 

8. Não dar recomendações a sua rede: no erro 1, falei sobre isso. A plataforma permite que você recomende de 02 formas: as competência ou de forma mais ampla, até mesmo sinalizando que contato você teve com aquele profissional. E isso é muito importante, porque é um elogio sincero.

 

9. Não ser disponível para ajudar as pessoas: vivemos hoje a Era da Colaboração e isso precisa ser praticado a todo o momento. Esteja disponível a ajudar, mas de forma sincera, não pensando que o outro lado tem que te dar algo em troca. Todo o fim de semana, faço um post falando sobre Consultoria Gratuita e respondo a todas as dúvidas, sem falar da aba Aconselhamento de Carreira, que também estou disponível para dúvidas.

 

De que adianta o conhecimento se você não divide com as pessoas a sua volta?

 

10. Não usar o perfil para ser a sua vitrine: hoje somos uma “marca” e com tal precisamos nos “vender”. Fazendo uma comparação: linkedin é como se fosse um shopping, a loja que está mais cheia e fazendo sucesso, é aquela com bom preço e boa propaganda.

 

11. Ter um perfil incompleto: esse aqui me mata! No youtube e até no Help aqui da plataforma, você tem todas as informações para preencher o seu perfil da forma completa e tem gente que ainda tem um perfil intermediário. A própria plataforma te diz o que está faltando para ficar completo.

12. Achar que todo mundo tem obrigação de ajudar: Vou te contar um segredo: Ninguém é obrigado a nada nesse mundo. Não vem com essa, que eu ajudei e quando precisei ele não me ajudou. Você fez isso porque quis, se fez pensando em ter algo em troca, temos um problema ai. Até porque a gente nunca sabe o que o outro está passando e ele pode não ter ajudado, porque não consegue.

 

13. Usar no Título Em busca de recolocação, desemprego, disponível, estudante e etc: acredito que você está aqui como algum propósito e com certeza, não é ser fantasma. Então não coloque essas informações no seu título, senão o recrutador não te acha.

Reforço que os erros mencionados são todos reais e que encontrei em vários perfis e que no momento que foram abolidos, mudaram completamente os resultados na plataforma.

Agora chega de falar de erros.

Quero te ensinar como ter sucesso por aqui.

Fui assim que conquistei +36 mil seguidores e fiz com que meus mentorados se destacassem.

Bora voar mais alto!

Primeiro quero te dizer uma coisa: NÃO EXISTE FÓRMULA MÁGICA!

Não acredite em coisas do tipo:

  • Curta post com muitas visualizações;
  • Deixa nos comentários seu nome, cidade e o cargo que busca que a minha rede vai ver e as oportunidades vão aparecer;
  • Hoje teremos uma chuva de telefonemas para entrevistas;
  • Mande o seu currículo inbox para os Recrutadores.

Ter sucesso no Linkedin, demanda tempo, dedicação e estratégia e se você está disposto a pagar, vem comigo.

Lembra que falamos da vitrine? O seu perfil é a sua vitrine, que funciona 24h por dia, 7 dias por semana.

Então você precisa pensar, no que você vai postar todos os dias, ou pelo menos 2x na semana para os iniciantes, que vão despertar interesse em quem quer comprar o seu produto (parceiros de negócios ou empresas).

Faz sentido?

Para facilitar, segue um checklist e já sabe, o que estiver errado, assim que acabar de ler, vai corrigir correndo.

1. Seja cuidado com o seu perfil: coloque todas as informações, cuidado com erros de português ( se não se sente seguro, vale a pena adquirir o e-book da @Dalva Correa -). Considere que o seu perfil, é o seu filme completo, toda a sua trajetória precisa constar ali. Não se esqueça de ter uma boa foto, não precisa ser profissional, mas que esteja transmitindo a imagem que deseja passar.

 

2. Use com sabedoria o campo TÍTULO: sabe porque onde o recrutador te encontra? Por esse campo. Então é importante, dependendo de sua estratégia no Linkedin, ajustar o seu título para ser encontrado. Olha só:

a. Se você está buscando recolocação ou transição de carreira: inclua os cargos que procura: Analista de RH, Assistente Adminstrativo, Gerente Comercia e etc.

b. Se você está buscando parceiros de negócio ou quer vender algo: descreva que problema a sua empresa e/ou seu produto resolve, por exemplo: ajudo empresas a terem um melhor posicionamento no mercado.

 

3. Pense em que MARCA PESSOAL você quer ter: lembra que falei sobre a vitrine e estratégia? Usar o linkedin e valorizar a sua marca pessoal, como você quer ser lembrado pelas pessoas? Todas as suas publicações e comentários precisam está atrelado a isso, as sua rede vai te conhecer pelo seu contéudo e se você é engenheiro e fala sobre culinária, fica meio sem nexo, concorda? Para facilitar, escolha 03 temas chaves para iniciar a sua estratégia de gerar contéudo.

 

4. Não tem jeito, você tem que gerar CONTEÚDO: quem não é visto, não é lembrado e você já deve ter ouvido isso por ai. Não tem como fugir, em qualquer rede social, as pessoas se relacionam por conteúdo e por aqui não vai ser diferente. Tudo o que você postar, tem a ver com a sua Marca pessoal que está criando e você pode fazer conteúdo por video, post, compartilhamento de materiais, dicas de livros, falar sobre insights que teve, dos eventos que participou e até artigos, como esse aqui.

* Se quiser aprofundar mais nessa produção de conteúdo, clique aqui e contrate a mentoria.

 

5. Faça um LISTA das empresas que tem interesse: tudo por aqui é feito de forma estratégica, e como hoje há mais de 100mil empresas usando a rede, porque não fazer com que elas vejam o seu conteúdo. Então faça a lista, siga as empresas e acompanhe o seu dia-a-dia, interagindo em suas publicações.

 

6. Adicione as pessoas e comece o RELACIONAMENTO: você vai ler sobre isso 1000x: se relacione com o mundo a sua volta. As pessoas precisa saber quem você é, ofereça ajuda, esteja disponível, incentive causas, crie a sua rede e não tenha medo de interagir.

 

7. Abuse das notícias que o Linkedin separa para você todos os dias: Se você acessa o seu perfil pelo computador, as notícias aparecem do lado direito na parte de cima. Se você acessa pelo celular, é só clicar em pesquisar no topo do seu perfil do lado esquerdo e descer a tela. Todos os dias o Linkedin vai um apanhado nas maiores notícias do mundo e o melhor, ele ainda analisando as postagens que são feitas pela rede sobre o tema e destaca isso para toda a plataforma. Isso aconteceu comigo na quinta, com uma postagem que fiz, sobre a minha percepção de próposito, sobre motoristas de Uber.

 

8. Use o campo PESQUISA para procurar vagas e/ou conteúdos: a maioria das pessoas não sabem, mas o campo pesquisa você encontra conteúdo direcionado através do uso de hastag. Você pode usar esse filtro para achar vagas também, basta apenas escrever no campo pesquisar: o que busca, depois escolher conteúdo, por exemplo: Rio de janeiro + conteúdo no filtro, e assim você vai ter acesso a todas as vagas do RJ que foram postadas na timeline.

 

9. Seja CONSTANTE: de nada adianta tudo isso, se você for igual a Papai Noel, que só aparece 1x no ano, poste pelo menos 2x por semana, se você está começando. Somos mais de 39 milhões de usuários e milhares de posts diariamente, sem frequência as pessoas vão esquecer de você.

 

10. Siga as pessoas certas e quem tem “fit” com a sua estratégia: muitos reclamando do que aparece na sua timeline, mas saiba que isso tudo é culpa sua. A sua rede é reflexo de quem você segue, então se está ruim, avalie quem são as pessoas que está seguindo e se for o caso, pare de seguir.

 

* Como você faz isso: Se estiver no computador, vá para o seu perfil, acima dos artigos clica em gerenciar seguidores e depois vai escolhendo quem você deixa de seguir.

 

11. Se você busca recolocação, ative a aba INTERESSES DE CARREIRA: é neste campo que você informar que está procurando uma oportunidade, diz os cargos, cidade, tipo de contrato e deixa até um recado para o recrutador.

 

 

Que aula você teve hein. Tenho certeza que a sua mente saiu borbulhando daqui e que pelo menos você vai ter 5 coisas para ajustar no seu perfil.

Esse é um compilado sobre um pouco que você tem conhecimento em minhas mentorias, que acho super importante dividir com você para que tenha sucesso.

Até porque entendo a dificuldade que todo mundo tem para usar o Linkedin e que eu também tive e encontrei pessoas que me ajudaram, além de muito estudo e cursos sobre a plataforma.

Valorize o profissional que você é, até porque 60% das vagas hoje são preenchidas por indicação e aqui pela plataforma. ,

E você não precisar estar desempregado, para ter oferta de vagas. Quem produz conteúdo de valor é demonstrar ser um bom profissional, chama atenção das empresas e esse é objetivo.

Espero que o artigo tenha esclarecido as suas dúvidas e contribuido com o seu crescimento, como mencionei mais acima se você quiser se aprofundar mais em produção de conteúdo, tenho vagas para mentoria, além do meu inbox aberto para dúvidas.

Se tudo que escrevi aqui, fez sentido para você, compartilha com os amigos.

…………………………………………………….

Participe dos meus projetos:

  • Co-fundadora da Comunidade Cariocas em Rede, um evento presencial que terá a sua próxima edição em 07/12 .
  • Participe do grupo da comunidade no Telegram.
  • Parceira do Projeto HUB40+, uma comunidade criada para jovens acima de 40 anos.
  • Idealizadora do Projeto Aulas Práticas: aulas online sobre: curriculo, autoconhecimento, linkedin, marca pessoal, curriculo, entrevistas e busca estratégica de vagas.
  • Caso tenha interesse nas mentorias ou queira tirar alguma dúvidas, me mande mensagem pelo Whatsapp, clique neste link: 

 

Priscilla Couto

Mentora de Carreira