"Desperte sua força Interior com o Livro "Mulheres Extraordinárias"

Priscilla Couto

Mentora de Carreira

QUE TAL APRENDER A CONQUISTAR O SEU PRÓXIMO EMPREGO

Aprenda o passo a passo para conquistar um novo emprego!

Pode parecer complicado conquistar o novo emprego com tantas pessoas desempregadas, mas se você colocar em prática algumas ações, você pode conseguir de forma rápida.

O mercado está acirrado e as vagas estão escassas, parece que você nada e morre na praia, né?

Por isso, quero compartilhar melhores práticas que uso com meus mentorados.

Então vamos ao que interessa!

1. Não comece a procurar vagas assim que sair do emprego
Pode não fazer sentindo, mas é importante dar um tempo para as coisas se acalmarem. Nesse momento, você está agindo pela emoção e pode fazer escolhas que não são ideais para sua Carreira. Aconselho tirar de 07 a 15 dias, para acalmar o “coração”, avaliar tudo que viveu, cuidar das pendências na casa e aproveitar o convívio com a família.

2. Avalie o que deseja:
Com as emoções no lugar, chegou o momento de analisar suas experiências e conhecimento para estruturar a sua busca por vagas. Considere avaliar os seguintes pontos:

a. Conforme a sua experiência, quais são os cargos que deseja?

b. Qual a sua faixa salarial? (Se precisar use o site www.vagas.com.br (link para ser incluso: https://www.vagas.com.br/mapa-de-carreiras/sobre) ou www.glasdoor.com.br para fazer essa análise.

c. Em que localidade você deseja trabalhar?

d. Que tipo de empresa você mais se identifica?

e. Está atualizado ou precisa aprender algo mais?

3. Ajuste o seu currículo:
Atualize suas experiências, atividades realizadas e cursos.

4. Inicie sua busca de vagas:
O certo é você enviar o currículo quando você preenche 7 entre 10 requisitos que são solicitados. Se você se candidata a vagas que não preenche os requisitos, você não será escolhido.

Lembre-se que vagas onde consta conhecimento desejável, você pode se candidatar mesmo que não tenha, porque não será excluído do processo. E se tiver o que é pedido como desejável, você se destaca dos demais candidatos.

Não faça SPAM do seu currículo, encaminhe apenas para vagas, onde há possibilidade de ser chamado. Um bom processo de recolocação é focado na qualidade e não quantidade.

Considere também enviar currículo apenas para vagas onde o valor do salário, está dentro da sua pretensão.
Ponto de atenção: sei que as coisas estão complicadas e talvez, você não possa esperar, mas se for possível, foque em vagas que não fujam da sua pretensão. Essa é a melhor forma de valorizar as suas experiências.

5. Use o LinkedIn para ter mais oportunidades:
Hoje, 90% dos recrutadores afirmam que usam o LinkedIn para buscar candidatos, independente do cargo e sendo assim você precisa estar lá.

6. Atualize os sites de vagas
Não deixe o seu perfil parado por muito tempo nesses sites, algumas empresas só acessam currículo de profissionais que estão atualizados recentes.

7. Dê atenção a sua rede de relacionamento:
É importante conversar com seus amigos, ex chefes, amigos da faculdade, para que eles te ajudem na busca. Quanto mais pessoas souberem o que você faz e que está procurando melhor. A maioria das empresas prefere contratar por indicação e você não pode ficar de fora.

8. Se mantenha atualizado:
O mercado busca por profissionais atualizados e antenados com as tendências do mercado e você pode fazer isso da seguinte forma:

• Converse com profissionais da sua área;
• Participe de grupos de discussão e grupos de estudos;
• Estude as vagas que publicadas, veja o que está sendo pedido e estude;

Tem muitos sites que possuem bons cursos de forma gratuita ou valor bem em conta como: Udemy (https://www.udemy.com/pt/) FGV (https://portal.fgv.br/), Fundação Bradesco (https://www.ev.org.br/) e até o próprio Youtube.

9. Esteja preparado para entrevista:
Tudo até aqui foi feito para que você tivesse a oportunidade de participar da entrevista, agora é o momento de se “vender”. Portanto, estude sobre a empresa, saiba contar a sua trajetória, resultados que conquistou e tudo mais que for importante para que o recrutador entenda que você é a pessoa certa para vaga.

Ufa, a sua estratégia já está pronta.

Agora, é reservar algumas horas do seu dia e colocar tudo em prática.

Não se esqueça que ser aprovado no processo seletivo é um alinhamento de perfil (sua formação + comportamento), se não for aprovado não quer dizer que seja um profissional ruim, mas que para aquela vaga, o seu perfil não está alinhado.

 

Priscilla Couto

Mentora de Carreira