"Desperte sua força Interior com o Livro "Mulheres Extraordinárias"

Priscilla Couto

Mentora de Carreira

Você sabe o que são Âncoras de Carreira?

Você sabe quais são suas âncoras e como elas influenciam na sua Carreira?

Estive por 20 anos trabalhando como CLT. Sempre mudei de empresas por indicação ou a procura de novas oportunidades. E na última fiquei por 16 anos até ser desligada.

Meus motivos para buscar novas oportunidades, eram focados no financeiro. Estava iniciando minha família, montando minha casa e precisava ganhar mais. As crianças estavam crescendo, não gosta de onde morava e queria voltar para faculdade. Não tinha jeito, salário maior e mais horas de trabalho, faziam parte da minha vida.

Em 2001 quando entrei na última empresa que trabalhei, conquistei o financeiro que desejava e passei a focar no crescimento profissional e estudos.

Eu não tinha ideia sobre o que era autoconhecimento e nem tão pouco, âncoras de carreira. Tudo até aqui foi sobrevivência e depois instinto.

Ontem fiz uma enquete com a seguinte pergunta: você é feliz com o seu trabalho atual? A enquete teve 505 participantes e o resultado foi o seguinte:

  • 59% dos participantes afirmaram que se sentem realizados
  • 41% dos participantes afirmaram que não se sentem realizados

Em cima das mensagem e comentários que recebi, entendi que esses são os maiores motivos por não se sentirem felizes com o que fazem:

  • Falta de reconhecimento
  • Expectativas grandes sobre coisas que não podem controlar
  • Medo de arriscar, por pensar que já está velho demais
  • Priorização da Empresa e não da sua Carreira
  • Medo de se posicionar

Para tudo isso, há uma explicação científica para o tema, que quero compartilhar com você.

Já ouviu falar sobre Âncoras de Carreira?

Edgar Schein desenvolveu o conceito ‘âncora de carreira’, para entender melhor como as pessoas buscam por suas oportunidades e criar a sua trajetória de carreira.

Para Schein as âncoras servem como pilares que você não abre mão, no momento que avaliar aceitar uma determinada oportunidade de trabalho ou negócio.

Acredito que você já deve ter conversando com alguém que apesar do status, reconhecimento e muito mais, não se sentem felizes.

Em contrapartida, pessoas que praticam atividades simples, se sentem super valorizadas.

Porque será que isso acontece?

Simplesmente porque nossos valores não são reconhecidos.

O que são valores: são conceitos que regem a sua vida, que impactam na sua decisão de escolha e que você escolhe matar ou morrer.

Meus valores hoje são: liberdade, autonomia, reconhecimento, educação, respeito. São valores que pratico em todas as minhas relações.

E digo hoje, porque em outros momentos da vida, outras coisas tinham mais peso.

É claro que não conseguimos preencher 100% de todos os nossos valores ou necessidades na nossa carreira. Ao longo da vida, você vai perceber que alguns terão um peso maior.

Perspectivas do profissional do Futuro

No estudo do Edgar Schein, ele fala de oito categorias de âncoras, que agem mesmo de forma inconsciente, na sua escolha pela profissão ou carreira.

É claro que muita coisa é considerada: o que você espera da vida, suas prioridades, autoconhecimento, relacionamento, emoções, motivação, etc.

O profissional do futuro será aquele que tem iniciativa, criatividade, coragem para assumir riscos, flexibilidade para mudar e habilidade para lidar com as pessoas.

O mercado busca pelo alinhamento das competências técnicas (formação) + competências interpessoais (seus talentos, atitudes e comportamento).

Se você tem clareza dos seus talentos, pontos que ainda precisa desenvolver e as âncoras regem a sua vida profissional, as chances de construir uma trajetória de sucesso, aumenta significativamente.

Descubra cada uma

1. Competência Técnica/Funcional

O profissional que possui essa âncora, procura por oportunidades que possa aplicar suas habilidades e conhecimentos, além de continuar aprendendo.

É importante que a atividade seja desafiadora, senão fica monótono, sua auto estima reduz e você tem a sensação de estar emburrecendo.

… Eu particularmente me sinto inútil no meu ambiente de trabalho, um erro é explanado para todo mundo, um acerto não é visto.

2. Competência em Gestão Geral

Se você tem essa âncora, você vai gostar de encontrar oportunidades, onde possa gerenciar equipes. Se sua atividade é técnica ou funcional, com certeza vai usar essa habilidade para aprender cada vez mais e montar o seu time.

3. Autonomia e Independência

Quem tem essa âncora, se sente muito mais realizado, se tiver autonomia para definir suas atividades. Talvez atuar como consultor ou com educação, seja importante. Você gosta de fazer as coisas da sua maneira.

4. Segurança e Estabilidade

Se você é um profissional, que tem essa âncora, você vai buscar por cargos que te dêem essa segurança. Talvez a sua preocupação não seja com a atividade em si, mas sim a segurança financeira que pode conquistar com ela. Empresas com o plano claro de cargos e salário, é importante.

5. Criatividade Empreendedora

Se você tem essa âncora, você não perde a oportunidade de criar algo inovador, baseado nas suas habilidades e na vontade de correr riscos (que você adora). Seu foco é mostrar para o mundo, suas habilidades. Se você estiver trabalhando, assim que sentir pronto, vai empreender e colocar o seu projeto na rua. Você quer e vai mostrar as pessoas que é capaz.

6. Serviço e Dedicação a Causa

Quem tem essa âncora gosta e quer trabalhar com organizações que deixem um legado, que transforme o mundo e as pessoas.

7. Puro Desafio

Quem tem essa âncora, quer sempre ser desafiado com projetos importantes e vão trazer resultados extraordinários. Sem falar da competência e destaque, querendo ganhar sempre. O fácil não tem espaço. Focam ser competitivos e alcançar resultados que outros deixariam para trás.

8. Estilo de Vida

Aqui você valoriza o equilíbrio entre a sua carreira e vida pessoal. Pode declinar uma promoção se tiver que viajar muito ou renunciar a um evento sensacional, se tiver ocasião importante para sua família. Seu foco é ser “perfeito” para sua família e aquilo que acredita, se desprendendo de status ou financeiro, se isso trouxe empecilho para esse equilíbrio.

Conclusão:

Como mentora de carreira, já atuei com vários profissionais que estavam insatisfeitos porque seus valores não eram atendidos. E como isso não, era algo claro, se sabotavam, buscavam outras justificativas para o seu rendimento baixo e insatisfação.

Ao mesmo tempo, vejo o brilho nos olhos, de quem está buscando pela sua transição de carreira, com o simples propósito de ser feliz, fazendo aquilo que gosta e que corresponde aos seus valores.

Quanto mais buscar por oportunidades que reflitam suas âncoras, melhor será a sua trajetória e mais realizado você se sentirá.

Em março quando fiz o meu primeiro mapeamento de âncoras minhas prioridades eram: segurança, autonomia e estilo de vida.

Hoje ao refazer o mapeamento depois de oito meses e após algumas mudanças, elas também mudaram e hoje são: puro desafio, criatividade empreendedora e competência técnica.

Reforço que o certo não é buscar por vagas de emprego e sim empresas que praticam o que você procura, conforme sua essência.

É claro que o seu momento atual, seja necessário abdicar disso e tudo bem. O importante é você compreender sua essência e não desfocar.

Criar um plano estratégico, decida o tempo que ficará nesta atividade, para suprir a sua prioridade atual e continue focado no que deseja.

A única coisa que não pode acontecer, é aceitar a zona de conforto e não buscar o que é importante e vai fazer com que você se sinta realizado.

Sei que você pode deve ter se identificado com algumas âncoras e talvez tenha ficado curioso em conhecer as suas.

Pois bem, quero te dar a oportunidade de ter esse mapeamento de forma gratuita, topa?

Clique aqui, preencha o formulário e receba o link do mapeamento personalizado por email em até 24h.

 

 

Priscilla Couto

Mentora de Carreira